Crédito: Pexels
Português

XP Asset vê recuperação do mercado e ano positivo para FIIs

4 MIN READMay 23, 2019

As perspectivas de melhora econômica e retomada do mercado imobiliário trazem uma visão positiva para a indústria de fundos de investimentos imobiliários (FIIs). É o que aponta Marcelo Hannud, especialista imobiliário da XP Asset. Segundo ele, "o mercado imobiliário como um todo vai melhorar. Na verdade, já está melhorando".

"Obviamente, depende da reforma da Previdência [em andamento no Congresso] e de uma redução mais significativa da taxa de juros", continua Hannud, que falou com a equipe de reportagem do GRI Hub ao participar do GRI Hotéis Brasil 2019, conferência dedicada ao setor hoteleiro realizada no dia 07 de maio.


Marcelo Hannud, especialista imobiliário da XP Asset.

Novos cotistas


Embora os últimos acontecimentos e ruídos internos no Palácio da Alvorada tenham trazido a cautela de volta ao dicionário dos players dessa indústria, os resultados já se mostram positivos para os FIIs neste início de ano. Dados da B3 divulgados em março apontavam para mais de 287 mil investidores, bem acima dos 205 mil computados em 2018, número já considerado recorde, reflexo de forte expansão.

Para Hannud, a popularização desses fundos e sua atratividade decorrem da profissionalização do setor, resultado de ações dos órgãos de controle e regulação. "A Anbima [Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais] e a CVM [Comissão de Valores Mobiliários] têm feito um trabalho importante de fiscalização e imposição de regras a gestores e equipes, e as pessoas estão passando a entender o potencial desse investimento, tanto para patrimônio quanto para renda", analisa.

Oportunidade em hotéis

Sem revelar números, Hannud pontuou os bons resultados do XP Hotéis, FII centrado nesse segmento que foi constituído em dezembro passado. "Acabamos de fazer um follow-on – nova captação e novos investimentos. Realizamos uma captação do Ibis [Expo] e do Pullman [Ibirapuera], ambos da Setin [Incorporadora, em São Paulo,]. Agora, vamos fazer a captação de valores para complementar os pagamentos desses ativos e também estamos olhando para novos hotéis."

Segundo dados divulgados pela XP, a transação Hotel Pullman Ibirapuera correspondeu a R$ 190 milhões e o do Ibis Expo, R$ 75 milhões.

Para o segmento hoteleiro como um todo, Hannud igualmente se mostra otimista. "É um mercado de ativos mais depreciados, em função do período [recente] de caos econômico, e subprecificado, devido ao baixo rendimento. É um mercado que começa a se recuperar e, portanto, apresenta preços atrativos. Já estamos olhando e vamos continuar atentos [a novas oportunidades]. É um bom momento para compras", sinaliza.

Avanço na indústria de FIIs

Com fundos para cada um dos segmentos imobiliários em seu portfólio, a XP Asset Management já realizou, em 2019, novas captações em seus FIIs de shoppings e de logística. "Foram feitas captações de valores, já reinvestidas, ou seja, tivemos um incremento desses fundos", recorda Hannud.

Para a fatia de lajes corporativas, uma nova movimentação deve ser anunciada dentro dos próximos dois meses. "Também participamos de um fundo de operações estruturadas, o XPCE, atuando em desenvolvimentos imobiliários, investimentos, permutas e financiamentos de projetos", adiciona.

Fatores externos

A sensação de otimismo se tornou marcante no mercado imobiliário brasileiro desde o final de 2018, impulsionada pela vitória de Jair Bolsonaro nas eleições presidenciais. Em novembro de 2018, resultados do Termômetro do GRI Club Real Estate no Brasil demonstravam que mais de 82% dos executivos ouvidos nutriam expectativas boas ou excelentes quanto ao novo governo federal. Na mais recente medição, nota-se que o humor segue predominantemente positivo, porém impactado pela frustração de expectativas.

Em edição especial do Termômetro do GRI Club Real Estate que ouviu players atuantes em diversos países da América Latina em março, o País mais uma vez foi apontado como um dos prioritários para investimentos na região.  

Fórum GRI de Fundos Imobiliários 2019

O crescimento do mercado de FIIs é um dos temas em pauta no GRI Club Real Estate Brazil. Com a baixa taxa de juros, maior clareza no cenário político e a retomada gradual do mercado imobiliário no País, cada vez os FIIs ganham espaço como fonte de funding para o setor, além de se configurarem em oportunidade de investimento a investidores institucionais e pessoas físicas.

O Fórum GRI de Fundos Imobiliários 2019 acontece no dia 21 de agosto em São Paulo e reunirá mais de 1.000 investidores para discutir perspectivas e oportunidades nesse segmento. Serão nove horas de conteúdo qualificado, apresentações de cases, palestras com especialistas e interação com os principais gestores e distribuidores de investimentos do Brasil. Saiba como participar. 


 

Related News
←  SHARE
Real Estate
GRI
X
Privacy policy and how we use cookies
We use cookies to give you the best experience on our website.
By continuing we'll assume you're on board with our privacy police
Accept and hide this message