Português

Setor imobiliário traça estratégias para shoppings e varejo

7 MIN READJune 06, 2019

Inovações tecnológicas, como a biometria e a loja autônoma, o surgimento de novos aplicativos para a otimização de resultados, o advento da economia compartilhada e como estar preparado para atender o futuro consumidor foram alguns dos temas analisados durante o GRI Shopping & Retail Brasil 2019. A conferência, realizada nesta quinta-feira (06 de junho) no Centro de Convenções do São Paulo Corporate Towers, reuniu cerca de 100 executivos da indústria de shoppings e varejo.

Esta que foi a  5ª edição do encontro anual foi aberta por Andreas Blazoudakis, fundador da Delivery Centerstartup focada em logística, fazendo a conexão entre consumidores e shopping centers no Brasil.

GRI Shopping & Retail Brasil 2019
Legenda: Andreas Blazoudakis, fundador da Delivery Center / Crédito: GRI Club/ Flávio Guarnieri
​​
O executivo falou sobre o futuro desse ramo a partir das novas demandas e transformações mais recentes nas cidades. Entre outros pontos, Blazoudakis destacou a importância do mercado da alimentação, a chegada de novos players – a exemplo da Amazon, em expansão na América Latina e para novos segmentos, e o avanço do site de e-commerce Alibaba – e desafios para competir nesse novo mercado.

O dia continuou com discussões sobre os temas mais relevantes para a evolução do segmento de shoppings e varejo. Também estiveram em pauta cases inovadores, como o apresentado por Paulo Humberg, criador de negócios como Shoptime e sócio da gestora de investimentos A5 Capital Partners; o da tecnologia de reconhecimento por meio de biometria facial da FullFace; e o da loja autônoma Zaitt, a primeira do tipo lançada em um país da América Latina. 

Potencial para investimentos

O humor dos investidores – com apetite para aportes no setor neste momento notadamente de fundos imobiliários (FIIs) e menos intenso por parte de investidores internacionais –, as perspectivas para os próximos meses e qual será o shopping do futuro – com um olhar centrado fundamentalmente em contemplar as novas necessidades do consumidor final – foram tópicos das salas mais concorridas desta quinta-feira. 

O panorama geral do varejo nacional e os principais desafios dos varejistas também estiveram em debate. Na análise, foram discutidos o caminho do omnichannel, a importância de ofertar a melhor experiência para os usuários e como mensurar resultados em vendas e satisfação dos clientes.

A chegada do mundo compartilhado ao universo do varejo foi abordada por Tiago Alves, CEO da Regus. Entre outros pontos, ele relembrou as transformações da sociedade, que trouxeram uma nova percepção dos espaços físicos, e os diferentes perfis de consumidores. 

Participaram da conferência reconhecidos executivos do segmento de shoppings e varejo, como Carlos Jereissati Filho, Claudio Dall'acqua Jr. (ambos da Iguatemi Empresa de Shopping Centers), Thiago Lima (Saphyr), Thiago Oliveira (JHSF), Leonardo Shor (Aliansce), Marcos Carvalho (Ancar Ivanhoé), Ivan Schara (Previ), Adriano Mantesso (Ivanhoé Cambridge), Denis Szyfman (VBI Real Estate), José Moreira (GPA), Amanda Colombo (L'Occitane), Adrian Andrade (Cinépolis), Marcos Marques (Riachuelo), Renata Rouchou (Casa Bauducco), Daniela Valadão (Amaro), Juliano Colares (Arezzo & CO), Eduardo Guerra (Giraffas) e Luís Carlos Meloni (Inbrands). 

Related News
←  SHARE
Real Estate
GRI
X
Privacy policy and how we use cookies
We use cookies to give you the best experience on our website.
By continuing we'll assume you're on board with our privacy police
Accept and hide this message