Flavio Amary - Crédito: GRI Club/ Flavio Guarnieri
Português

Secretário anuncia início efetivo do programa Nossa Casa

3 MIN READJuly 15, 2019

O secretário da Habitação do Estado de São Paulo, Flavio Amary, explicou ao GRI Hub os próximos passos do programa Nossa Casa – iniciativa habitacional do governo do Estado de São Paulo que prevê a construção de 60 mil novas moradias. Segundo ele, toda a parte de estruturação jurídica já foi endereçada, assim como o diálogo com os entes envolvidos. A expectativa é de que, dentro das próximas semanas, "tenha-se o decreto assinado e o início efetivo do programa", informou. 

"[Já demos andamento a] toda estruturação jurídica dentro da PGE [Procuradoria Geral do Estado de São Paulo], todos os documentos, diálogo com os prefeitos [interessados em participar], identificação de terrenos, conversa com outros estados que nos procuraram para entender melhor o programa com o objetivo de replicá-lo, [mantivemos] interlocução também com governo federal e Caixa Econômica [Federal]", explicou Amary. Ele foi entrevistado pela equipe de reportagem do GRI Club ao participar do GRI Residencial Brasil 2019, evento ocorrido em junho na cidade de São Paulo. 

O secretário ressaltou a importância do investimento privado para produção de moradias. O esforço da gestão paulista nessa direção deve ser reforçado, com vistas a ampliar a produção habitacional, gerar emprego e reativar a economia. 

Anunciado em fevereiro passado, o programa já havia sido analisado em club meeting do GRI Club Real Estate com o secretário. A proposta está em andamento em conjunto com prefeituras de todo o estado e visa conceder aos incorporadores interessados em participar uma série de benefícios, como a isenção de impostos – ITBI e IPTU, além de ISS durante a obra – e a flexibilização de coeficientes urbanísticos. 

Outras iniciativas

Na entrevista, disponível também em vídeo, o secretário aborda ainda outras iniciativas para a desburocratização de processos que permitam a retomada de investimentos no estado.

"São muitas ações que temos procurado fazer com o objetivo de desburocratizar os processos, simplificar a aprovação e licenciamento, buscando junto com as prefeituras, mesmo porque muitas dessas aprovações se dão em âmbito municipal. Nosso objetivo é buscar simplificar esses processos porque todos os municípios, todas as regiões que têm menos burocracia, menos restrição urbanística também têm menos problemas sociais", disse. 

Outro ponto abordado por Amary foi o andamento da PPP da Habitação com a cidade de São Paulo e a possibilidade de novas ações junto à capital. "Existe a PPP que já acontece com o Estado, cujas obras estão sendo feitas, entregues e construídas. [É uma PPP que] ainda não acabou e [inclui] uma sequência de muitas obras. E temos uma parceria com o município de São Paulo, de 13.180 unidades, cujas obras serão iniciadas nas próximas semanas. Na verdade, [esse] é um apoio à ação do município de São Paulo e podemos avaliar outras propostas de outros municípios de todo o Estado."

O futuro do Minha Casa Minha Vida (MCMV), em discussão desde o início da administração Jair Bolsonaro, também foi analisado pelo secretário. "A ideia é colaborar com o governo federal com sugestões para construção dessa nova modelagem que está sendo proposta."

O novo desenho do MCMV está em discussão no Congresso desde o último mês. Com a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, os parlamentares têm realizado audiências públicas para entender melhor as mudanças. 

Confira a entrevista em vídeo:

Brazil GRI 2019

Brazil GRI 2019

Nos dias 12 e 13 de novembro, players do setor imobiliário analisam os temas fundamentais para o desenvolvimento dessa indústria na 10ª edição do Brazil GRI, que ocorre no Grand Hyatt Hotel São Paulo. Veja a programação e como participar.

Related News
←  SHARE
Real Estate
GRI
X
Privacy policy and how we use cookies
We use cookies to give you the best experience on our website.
By continuing we'll assume you're on board with our privacy police
Accept and hide this message