Crédito: Envato
Português

Mercado financeiro mostra Selic caindo a até 4% em 2020

4 MIN READDecember 06, 2019

As projeções das instituições financeiras para a taxa básica de juros da economia brasileira em 2020 apontam para um consenso: além de seguir em patamar baixo, a Selic tende a registrar novas reduções, podendo cair a até 4%. 

O cenário favorece investimentos em renda variável, particularmente os fundos de investimento imobiliário (FIIs), que trazem ao investidor acostumado à renda fixa um componente de familiaridade e solidez – o lastro em imóveis e operações imobiliárias. 

Acompanhe as previsões:

Boletim Focus
De acordo com o mais recente Relatório Focus do Banco Central, que reúne a opinião de 100 das principais instituições financeiras atuantes no País, a Selic deve chegar a 4,5% em 2020. Se consideradas as previsões das cinco instituições com melhor índice de acerto nos últimos boletins, a diminuição promete ser ainda maior e a taxa ceder a 4%. 

XP Investimentos
Para a XP Investimentos, a Selic deve cair para 4,25% a partir de fevereiro de 2020 e seguir nesse patamar até o fim do ano.

Itaú BBA
As previsões do Itaú BBA indicam Selic a 4% no final de 2020 e ficando em média em 4,06% ao longo do ano. 

Bradesco
Sob o contexto mais favorável pós-reforma da Previdência, o Bradesco estima diminuição da taxa Selic para 4,25% em 2020.

Banco Votorantim
Para o Banco Votorantim, a Selic deve atingir a mínima histórica de 4% já no começo de 2020.

Banco Fibra
Conforme relatório do Banco Fibra, a taxa básica de juros deve chegar a 4% no primeiro trimestre de 2020. Os economistas do banco preveem que, dependendo das condições econômicas internacionais e da manutenção da inflação baixa no País, o Comitê de Política Monetária (Copom) pode decidir ao longo do ano por reduções ainda mais acentuadas. 

“Julgamos que, num cenário alternativo onde a atividade econômica exija estímulos adicionais para se acelerar, a política fiscal permaneça apertada e as condições globais permitam, o Copom poderia reduzir a taxa Selic para abaixo de 4% ao ano ainda em 2020, mas provavelmente após uma pausa no atual ciclo de afrouxamento monetário”, relata documento emitido pela instituição.

Banco Safra
As projeções do Banco Safra indicam que a Selic deve chegar a 4,5% na primeira metade de 2020, fechando o ano em 4%.

Banco Santander 
O Banco Santander estima que a taxa Selic será colocada em 4% ao final dos primeiros noventa dias de 2020, fechando o ciclo de queda.

Impacto direto em fundos imobiliários

A redução em andamento dos juros básicos da economia, que atingiram o menor nível da história em 2019, compromete a rentabilidade dos investimentos em renda fixa – preferidos de um grande contingente de investidores por muitos anos por oferecer baixo risco e, até então, retornos atrativos, atrelados a uma Selic de dois dígitos.

Esse novo contexto estimula o apetite por investimentos em renda variável, que oferecem possibilidades de rendimentos maiores, sujeitos a maior risco.
 

Related News
←  SHARE
Real Estate
GRI
X
Privacy policy and how we use cookies
We use cookies to give you the best experience on our website.
By continuing we'll assume you're on board with our privacy police
Accept and hide this message