Centro de Manutenção de Aeronaves da Latam Airlines
Crédito: divulgação
Português

Melhores projetos industriais & logísticos do País: Latam

4 MIN READFebruary 07, 2020

Desenvolvimento em modelo built-to-suit (BTS), o Centro de Manutenção de Aeronaves da Latam Airlines, no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, é uma parceria entre RB Capital e Libercon Engenharia. O projeto lidou com a complexidade de uma estruturação BTS para uma companhia aérea dentro de uma área aeroportuária pertencente à União, sob contrato de concessão com o GRU Airport. 

Nesta série do GRI Hub com os 'Melhores projetos industriais & logísticos do País', todos eles
finalistas do GRI Awards 2019, você confere os diferenciais que fizeram do Centro de Manutenção de Aeronaves da Latam Airlines um dos empreendimentos mais admirados pelo mercado e o ganhador da premiação. Também verá as características do DCC – Distribution Center Cajamar, de Etoile, GTIS Partners e HTB Engenharia, e do BTS Mercado Livre, da GLP, demais finalistas do prêmio. 

Estruturação do projeto

Para o encaminhamento do projeto da Latam, a primeira etapa foi justamente vencer a fase de contratação. "A Latam coordenou um processo de concorrência com diversos players do mercado e a RB Capital foi selecionada para participar da etapa final das negociações. Por fim, foi o investidor definido para desenvolver o projeto", conta Alexandre Rhinow, managing director da RB Capital. A construção ficou a cargo da Libercon Engenharia.

Entre os desafios no processo construtivo, o executivo cita o desenvolvimento do empreendimento dentro do prazo desejado pela companhia aérea, tendo em vista todas as restrições operacionais impostas pela concessionária, principalmente pelo fato de que parte da obra seria realizada em área adjacente às pistas de taxiamento das aeronaves, onde as limitações são ainda maiores. 

Também foi necessário ajustar as características das barreiras defletora e acústica para atender às necessidades da Latam e não trazer impactos na vizinhança, além de construir o pátio de aeronaves conforme as especificações da Latam e do GRU Airport, e considerando as características do solo local. 

As barreiras citadas por Rhinow são pontuadas pela Latam, em comunicações oficiais, como especificações técnicas únicas no País. A jet blast deflector, a primeira, tem a função de redirecionar os escoamentos do escape de motores das aeronaves. Já a segunda, sonora, é voltada para a acústica, permitindo que os motores das aeronaves sejam testados a qualquer tempo, minimizando o ruído na comunidade do entorno.

Especificações técnicas

O Centro de Manutenção de Aeronaves da Latam Airlines possui área construída total de aproximadamente 27 mil e é composto por hangar para manutenção de aeronaves, depósito para armazenagem de suprimentos e área administrativa – esta formada principalmente por salas de treinamento e escritório. Adicionalmente, compreende um pátio de aeronaves de cerca de 35 mil m².

"Também vale destacar o vão livre do hangar de 78 metros para poder receber aviões de grande porte, tais como o Boeing 777, e o sistema de prevenção e combate a incêndio, que é diferenciado e inovador", diz Rhinow. 

De acordo com dados oficiais da Latam, foram investidos R$ 130 milhões para a construção do novo centro. A RB Capital não comenta o assunto. 

Retomada do segmento

Em relação ao mercado imobiliário, em especial o segmento de industrial & logística, Alexandre Rhinow vê com otimismo o momento atual e diz que sua empresa, a RB Capital, está bem posicionada para desempenhar um papel relevante nesse que será um novo ciclo. 

"Com a melhoria do cenário macroeconômico, as empresas retomaram os projetos que estavam engavetados e o volume de processos em andamento aumentou consideravelmente", comenta ele. 

 

GRI Industrial & Logística Brasil 2020

GRI Industrial & Logística Brasil 2020

Em 2 de junho, os principais tomadores de decisão do segmento de imóveis industriais & logísticos do País – incluindo investidores, proprietários, operadores de galpões logísticos, locatários e desenvolvedores – participam do GRI Industrial & Logística Brasil, em São Paulo. O encontro ocorre em um ambiente propício para networking. Confira os detalhes

 

Related News
←  SHARE
Real Estate
GRI
X
Privacy policy and how we use cookies
We use cookies to give you the best experience on our website.
By continuing we'll assume you're on board with our privacy police
Accept and hide this message