Your application for a Courtesy Membership is under review

We have just received your information and we will get back to you shortly. Check out the steps below:

Information sent


2

Application in analysis


3

Feedback email


4

Complimentary access activated

* Required fields
I confirm that I have read and agree to the Terms and Conditions of GRI Club
Português

Humberg: real estate ainda está na 1a onda em tecnologia

Fundador do Shoptime e da KeyCash, Paulo Humberg vê oportunidades de transformações a todos os segmentos imobiliários.

4 MIN READJuly 02, 2019

Pioneiro no mercado virtual brasileiro, Paulo Humberg, sócio da gestora de venture capital A5 Capital Partners, enxerga oportunidades de expansão a partir da tecnologia em todos os segmentos imobiliários. "Ainda estamos na primeira onda, nem começamos", afirma o fundador do primeiro e-commerce brasileiro, o Shoptime, na década de 1990. 

"Há um vetor de inovação que está vindo com força para materiais e novos tipos de construção; barateamento dos custos; eficiência construtiva, como softwares de gerenciamento que apontam os desperdícios; inovações em obras; e tecnologias para compra e venda [de imóveis]. Estamos falando de um mercado gigante, de quase R$ 500 bilhões por ano, e [no futuro] veremos muitas novas empresas de R$ 1 bilhão", ressalta o investidor.

Com mudanças em perfis, hábitos e costumes, amparadas por novas ferramentas tecnológicas, "serão vistas oportunidades em todos os segmentos, como shoppings, corporativo e industrial. Todos os modelos devem viver [um período de] muita transformação", afirma Humberg, que também foi um dos primeiros do País a ingressar no modelo de marketplace iBuyer – plataforma que compra imóveis de vendedores que se encaixam em seu escopo com certo desconto de preço, prevendo venda rápida por valor acima do de aquisição.

A KeyCash, sua companhia nesse segmento, foi anunciada em maio de 2018. Desde então, novos players começaram a iniciar operações similares, a exemplo do Grupo Zap. "Esse não é um mercado de um único player. Há espaço para muitos outros", continua o executivo. Ele conversou com a equipe do GRI Hub ao participar do GRI Shopping & Retail Brasil 2019

Ao enxergar o potencial do mercado, Humberg, que também é investidor em empresas como Dress & Go, Q!Bazar e Zarpo, confirma ter passado os últimos anos estudando o ramo imobiliário. 

Planos para a plataforma iBuyer KeyCash

Segundo Paulo Humberg, a KeyCash tem como missão simplificar a vida do consumidor na realização de uma transação imobiliária. "Hoje, o mercado tem facilidade para vender um imóvel novo, mas, quando o bem é usado, há dificuldades". 

Presente em 13 bairros da cidade de São Paulo, a ferramenta permite a realização de uma rápida avaliação do imóvel. "Se estiver em um dos bairros em que atuamos, podemos fazer uma oferta [de compra] em até 48 horas. Depois de adquirido o imóvel, reformamos, aumentamos a qualidade do produto e o vendemos novamente, oferecendo financiamento [também]", explica o executivo. No futuro, a proposta será auxiliar os clientes em todo o processo dentro do universo imobiliário.

Sobre os já anunciados planos de expansão a outros países da América Latina, no momento, Paulo Humberg diz que a companhia tem como objetivo testar o modelo de negócio. "Ficaremos [somente] nesses bairros pelos próximos 12 ou 24 meses." No período, o intuito é ter um banco de dados acurado, com mapeamento territorial e que permita a classificação assertiva de cada bem avaliado, por meio de base histórica. 

"É um modelo de fácil expansão, mas há muitas tarefas. Como falamos de tecnologia, há muito trabalho envolvido. Também é necessário trazer a inovação sem choques", explica o empresário. 

Momento ideal para inovar

Para Humberg, essa visão é fundamental para o mercado de tecnologia. "Assim como em outros negócios, quando se chega muito cedo para investir [em uma inovação] e as pessoas ainda não estão prontas [para isso], a empresa quebra. Dois ou três anos depois, outra companhia surge realizando a mesma proposta, mas a sociedade já está mais madura e a empresa se torna um sucesso."

Em relação ao papel do corretor, Humberg acredita que haverá mudanças no perfil, passando de um profissional de vendas a um consultor. Para ele, tecnologias como a da KeyCash constituem mais uma ferramenta de trabalho para esse especialista. 

Questionado se vê espaço para a venda de imóveis 100% online, o executivo prognostica um modelo híbrido, com diferentes perfis de clientes para os diversos modelos de negócios. "Mesmo para casos em que os clientes queiram negociar apenas via internet, continua a necessidade de visitar o imóvel."

Brazil GRI 2019

Brazil GRI 2019

Ao lado de outros reconhecidos executivos, Paulo Humberg é um dos participantes confirmados do Brazil GRI 2019, programado para os dias 12 e 13 de novembro no Grand Hyatt Hotel São Paulo. O uso da tecnologia no setor imobiliário, os novos modelos de negócios e os principais desafios a superar são alguns dos temas da conferência. Outros detalhes estão disponíveis no site.

 

Related News
←  SHARE
Real Estate