Your application for a Courtesy Membership is under review

We have just received your information and we will get back to you shortly. Check out the steps below:

Information sent


2

Application in analysis


3

Feedback email


4

Complimentary access activated

* Required fields
I confirm that I have read and agree to the Terms and Conditions of GRI Club
Crédito: cortesia de Related Oxford
Real Estate

Comitiva do GRI conhece Hudson Yards, megacomplexo de NY

Visita ao empreendimento, maior desenvolvimento imobiliário privado dos EUA, ocorreu em 26 de março, na GRI Week.

3 MIN READ April 04, 2019

Considerado o maior desenvolvimento imobiliário privado dos Estados Unidos, o Hudson Yards foi um dos projetos visitados pela comitiva do GRI Club Real Estate durante a GRI New York Week 2019, realizada na última semana, antes do início do Latin America GRI 2019.

O empreendimento – que teve sua primeira etapa inaugurada oficialmente em 15 de março – localiza-se em Midtown Manhattan e é um desenvolvimento de Related Companies e do Oxford Properties Group. O investimento foi de US$ 25 bilhões.

"Ficamos felizes em poder levar os participantes da semana de benchmarking do GRI Club para conhecer um dos projetos mais ambiciosos dos últimos tempos, dias após a inauguração. Outro grande diferencial da GRI New York Week foi a possibilidade de conhecer o escritório de arquitetura Kohn Pedersen Fox (KPF), um dos responsáveis pelo master plan do Hudson Yards e que apresentou os principais detalhes da construção", conta Robinson Silva, líder do GRI Club para o Mercado Imobiliário no Brasil, que acompanhou o grupo.

O complexo Hudson Yards é um bairro planejado de 113.000 metros quadrados, composto por torres residenciais, escritórios, praças, jardins, shopping centers e restaurantes, e  ambiciona transformar a região de Manhattan. A segunda fase tem conclusão prevista para 2024.

De acordo com nota oficial, o projeto visa ser "um modelo para a experiência urbana do século XXI. O Hudson Yards é uma mistura sem precedentes de edifícios, parques, serviços e espaços públicos, combinados para formar uma vizinhança conectada, responsiva, limpa, confiável e eficiente."
 

Arquitetura ambiciosa

Entre os destaques da primeira fase, está The Vessel, uma escultura concebida pelo arquiteto Thomas Heatherwick, com estrutura de concreto e 154 lances de escadas projetadas em círculos, atingindo uma altura de 46 metros.

Além da KPF – que também assinou o Faria Lima Plaza, empreendimento da VR Investimentos e da Hemisfério Sul Investimentos (HSI), em construção no Largo da Batata, na capital paulista – e do Heatherwick Studio, o design é assinado por reconhecidos designers e escritórios de arquitetura, incluindo Diller Scofidio + Renfro; Elkus Manfredi Architects; Foster + Partners; Nelson Byrd Woltz Landscape Architects; Rockwell Group; e Skidmore e Owings & Merrill.
 

Inovação e sustentabilidade

Planejado como o primeiro bairro certificado Leed, o Hudson Yards possui tecnologia microgrid (micro-redes) e duas usinas de cogeração, o que permitirá evitar, anualmente, a emissão de 24.000 toneladas de CO2 por meio de geração de eletricidade e água quente ou fria para a vizinhança, com mais eficiência do que via fontes convencionais. Outro diferencial voltado à sustentabilidade é o reúso da água da chuva, coletada dos telhados e das praças, filtrada e reutilizada em sistemas mecânicos e de irrigação.

"Nossa ambição para o Hudson Yards era criar um ótimo bairro, com experiências e oportunidades para todos. Estou confiante de que conseguimos isso com ótimos espaços públicos, de compras e expressões gastronômicas em todos os espectros, atrações culturais, diversas oportunidades residenciais, sustentabilidade e resiliência de ponta”, apontou na abertura Stephen M. Ross, chairman da Related Companies, de acordo com a publicação oficial do complexo.
 

Agenda do GRI Club Real Estate

Ao longo de todo o ano, a programação do GRI Club Real Estate continua intensa, com club meetings e conferências voltados a discussões dos mais relevantes temas ao setor imobiliário do Brasil e da América Latina. Para participar das próximas atividades, confira o calendário de 2019.

Related News