Your application for a Courtesy Membership is under review

We have just received your information and we will get back to you shortly. Check out the steps below:

Information sent


2

Application in analysis


3

Feedback email


4

Complimentary access activated

* Required fields
* I confirm that I have read and agree to the Terms and Conditions of GRI Club
Credit: GRI Club
Infrastructure

GRI Infra Awards 2023: confira a lista completa de vencedores

A segunda edição premiou os projetos mais destacados na infraestrutura brasileira

4 MIN READ October 27, 2023

Por Paulo Alfaro

Na última quinta-feira (26), foi realizada a segunda edição do GRI Infra Awards, a premiação mais exclusiva dos setores de infraestrutura e energia no Brasil. A cerimônia aconteceu durante um jantar VIP no Buffet Villa Vérico e valorizou  o que se destacou em 2023 ao alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ONU).

A cerimônia foi exclusiva para membros do GRI Club, convidados e finalistas e teve como propósito homenagear projetos, programas, ações e iniciativas que se destacaram pela excelência, inovação e impacto social e ambiental positivo no país.

Ao total, foram avaliados nove categorias: Comunidade, Mulheres, Potência, Integração, Água, Biodiversidade, Atmosfera, ESG e Conexão. 

A seguir, os ganhadores de cada uma delas: 

Prêmio Comunidade 

1º lugar: Ed-Mundo, Atlas Renewable Energy

Sobre a iniciativa: O Projeto Ed-Mundo foi implantado em Carnaíba do Sertão, zona rural do município de Juazeiro (BA). Neste cenário, a Atlas Renewable Energy, que possui operações na região e o propósito de deixar um legado socioambiental positivo às comunidades do entorno de seus projetos, juntou-se ao IPTI e viabilizou a implantação de duas inovações sociais na região: o CLOC (Criatividade, Lógica, Oportunidade e Crescimento) e o ON (Oficina de Negócios), que juntas compõem o Ed-Mundo. 
 

Fernanda Abreu e Fábio Bortoluzo, ambos da Atlas Renewable Energy. Prêmio Comunidade (Imagem: GRI Club) 

2º lugar: GastrOpy - Escola de Preparações Alimentares, OPY Health

3º lugar: Ensinando a Pescar, Sabesp
 

Prêmio Mulheres 

1º lugar: Programa de Capacitação de Mulheres, Ultracargo

Sobre a iniciativa: O Instituto Ultra, em parceria com o Instituto RME (Rede Mulher Empreendedora), realizou um programa de capacitação e desenvolvimento pessoal para 800 mulheres em situação de vulnerabilidade econômico-social em três etapas: i. Capacitação em empreendedorismo e empregabilidade; ii. Mentoria e iii. Capital Semente por meio de organizações sociais (OSC’s). 

 Patrícia Gomes (Ultracargo), Pêmio Mulheres. (Imagem: GRI Club)

2º lugar: Elas na Tech, Grupo CCR (Instituto CCR)

3º lugar: Enel Compartilha Oportunidade – Formação Técnica de Mulheres, Enel Brasil
 

Prêmio Potência 

1º lugar: Popularização das Energias Renováveis, Santander

Sobre a iniciativa: Temas como energias limpas ganharam espaço na priorização de negócios, definição de orçamento, criação de incentivos financeiros e muito mais. Desta forma, o Banco Santander avança de forma notável no objetivo de contribuir para que o Brasil tenha uma matriz energética ainda mais limpa e com fontes de energias renováveis cada vez mais baratas e acessíveis. 

Ricardo Nunes (Santander), Prêmio Potência. (Imagem: GRI Club) 

2º lugar: Sustainable Design & Construction Site: o Canteiro Sustentável, Enel Brasil

3º lugar: Financiamento ao Projeto Mendubim, BNP Paribas

Prêmio Integração 

1º lugar: Concessão do Lote Noroeste Paulista e 1ª Emissão de Debêntures da Concessionária Rodovias Noroeste Paulista S.A., IFC 

Sobre a iniciativa: A Ecorodovias venceu o leilão de concessão do Lote Noroeste Paulista, composto por cerca de 600 quilômetros de rodovias estaduais e que viabiliza aproximadamente R$10 bilhões em investimentos.

Renata Nonato (IFC), Rui Klein (Ecorodovias), Edson Bouer (Accenture), Prêmio Integração. (Imagem: GRI Club)

2º lugar:  Concessão do Bloco 3 do Programa de Concessão de Rodovias do Estado do Rio Grande do Sul, BNDES 

3º lugar: Emissão de Debênture da Concessionária dos Aeroportos da Amazônia, BNDES / BNP Paribas

Prêmio Água 

1º lugar: Sistema de Esgotamento Sanitário Rural, Grupo Águas do Brasil (Águas de Pará de Minas)

Sobre a iniciativa:  O projeto de Saneamento Rural tem como objetivo a instalação de sistemas de tratamento de efluentes de baixo custo de implantação e manutenção nas áreas campestres, tendo como saídas a melhoria da qualidade de vida da população atendida e a prevenção da poluição ambiental.

Marilene Ramos, Grupo Águas do Brasil, Prêmio Água. (Imagem: GRI Club)

2º lugar:  Aqua Project, Zurich Airport Brasil

3º lugar: Semiárido Sustentável e Resiliência Hídrica na Região do Semiárido da Bahia, Enel Brasil

Prêmio Biodiversidade 

1º lugar: Resiliência Hídrica – Parcerias com o WWF-Brasil e com o Programa Floresta Viva do BNDES, Aegea Saneamento

Sobre a iniciativa: : A Aegea se uniu ao WWF para estudo de melhoria da qualidade e da disponibilidade hídrica na paisagem das Cabeceiras do Pantanal. Entre as ações do projeto, estão a realização de análises espaciais e modelagens, definição de áreas prioritárias e elaboração de um plano de restauração. Além disso, Aegea e BNDES fecharam parceria para adesão da Companhia ao Floresta Viva, iniciativa liderada pelo banco que apoia projetos em biomas brasileiros.

Rogério Tavares, Aegea, Prêmio Biodiversidade (Imagem: GRI Club) 

2º lugar: Ybyrá - Semeando o Futuro, Grupo Águas do Brasil (Concessionária Águas de Juturnaíba)

3º lugar: Rodovias do Futuro – Integrando a Proteção da Biodiversidade e a Segurança Viária, Arteris

Prêmio Atmosfera 

1º lugar: Utilização de RAP nas Novas Misturas Asfálticas, Ecorodovias (Ecosul)

Sobre a iniciativa:  A concessionária Ecosul (Grupo Ecorodovias) está utilizando em novas misturas asfálticas o material denominado RAP, do inglês, Reclaimed Asphalt Pavement. Esse material nada mais é que o resíduo do processo de manutenção de pavimentos, atividade realizada diariamente pela concessionária. Trata-se do material retirado da pista existente por meio da fresagem do revestimento asfáltico.

Fabiano Medeiros e Rui Klein, ambos da Ecorodovias, Prêmio Atmosfera (Imagem: GRI Club)

2º lugar: Fertilizante do Bem, Grupo Águas do Brasil (Águas do Paraíba)

3º lugar: Geração Distribuída com Plantas Solares no Saneamento, BRK Ambiental (BRK Saneatins)

Prêmio ESG

1º lugar: Programa Novo Rio Pinheiros, Sabesp

Sobre a iniciativa: A Sabesp lançou em 2019 o Programa Novo Rio Pinheiros com objetivo de revitalizar o rio e promover a sua utilização harmônica, recuperando suas margens com atividades voltadas para o bem-estar das pessoas.

Guilherme Lencastre (ENEL), Andre Salcedo (SABESP), Prêmio ESG (Imagem: GRI Club)

2º lugar: Programa Água Legal, Sabesp

3º lugar: Programa Enel Compartilha, Enel Brasil

Prêmio Conexão 

1º lugar: Novo Case de Gestão de Estações BRT, Socicam

Sobre a iniciativa: O novo case é um modelo inovador de gestão de Estações BRT (controle e monitoramento, sensores inteligentes de saúde e ambiente, dispositivos contra evasões de receita) proporcionando a mais alta segurança e qualidade para as infraestruturas e passageiros.

Wanderley Galhiego, Socicam, Prêmio Conexão

2º lugar: Conectividade 4G/LTE em Rodovias, EcoRodovias (Ecovias do Araguaia)

3er lugar: Projeto Conectividade 4.0, GLP (Concessionária das Rodovias do Leste MS)
Related News